Todos os posts de prima

Renato Dantas (02.04.2021)

“Combati o bom combate, acabei a carreira e guardei a fé” Timóteo 4:7

As palavras são do apóstolo Paulo a Timóteo enquanto estava próximo ao seu martírio. Assim, vamos lembrar de Tirso Renato Dantas, 60 anos, como um grande lutador. Renato faleceu nesta sexta-feira (2) em decorrência da COVID-19. O laudo aponta parada cardíaca as 5h42min, momento em que o médico intensivista da UTI, Dr. Domingos Sávio comunicou oficialmente o óbito a esposa, Dayana Campos. O sepultamento de Renato será no Morada da Paz.

Diagnosticado no dia 1 de março de 2021 com a doença Covid-19, Renato iniciou o tratamento em casa. No dia 11 de março, foi internado no hospital da Policlínica onde recebeu tratamento da equipe de saúde formada por médicos, enfermeiros, fisioterapeutas, nutricionistas, técnicos de enfermagem que trataram Renato Dantas com muito carinho durante todo o tratamento, a quem agradecemos por tudo. Em especial ao médico intensivista da UTI, Dr. Domingos Sávio, que compartilhou todos esses momentos ao nosso lado.

Renato descansou as 5h42min desta sexta-feira, 2 de abril, após luta intensa pela vida.

Durante a internação, Renato teve momentos de recuperação, evoluindo nos índices de saúde e também, pioras no quadro clínico. No dia 14 de março de 2021, Renato sofreu uma parada cardíaca que fez a condição de saúde dele piorar em razão da intubação, fratura em quatro costelas e quadro infeccioso nos pulmões. Todas as alternativas de tratamento foram feitas por Renato, com responsabilidade pela equipe de saúde e muita fé por todos os familiares.

Renato Dantas nasceu em Natal no dia 15 de julho de 1960. No legislativo municipal, Renato exerceu ocupou espaços de destaque nos anos de 1996 a 2008 como vereador de Natal por três mandatos e presidente da Câmara Municipal de Natal, onde nesta condição assumiu o cargo de Prefeito de Natal, em exercício, repetidamente. No Governo do Rio Grande do Norte, Renato ocupou a titularidade como secretário de Estado de governadores como Geraldo Melo, Wilma de Faria e Iberê Ferreira de Souza e ocupou chefias de gabinete, sempre assessorando na gestão e na política. Nos últimos 10 anos, Renato tornou-se empresário de marketing político e titular do Blog do Primo, como costumava chamar os amigos fazendo história no Rio Grande do Norte.

Tirso Renato Dantas era polêmico. De posições firmes, conselhos inteligentes, amigo fiel e capaz de grandes gestos. Renato deixa três filhos: Gabriel, Cecília e Beatriz, a esposa Dayana Campos (Bibi), eleitores apaixonados e amigos leais, os quais também agradecemos por todas as preces e orações. Que seja feita a vontade de Deus.

Descanse em paz, Bibi, Renato e Primo, como carinhosamente era tratado e também chamava os amigos.
Sua história não será esquecida.
E seu legado será continuado por todos que tiveram a felicidade de fazer parte da sua vida.
Com amor de sempre,
Dayana Campos

Tirso Renato Dantas
Empresário, iniciou a vida política no movimento estudantil. Foi eleito vereador na 13ª, 14ª e 15ª Legislaturas, nos períodos de 1996 a 2000, 2001 a 2004 e 2005 a 2008. Reeleito em 2000 como o vereador mais votado de cidade. Elegeu-se presidente da Câmara Municipal na 14ª Legislatura, no período 2003-2004.
No período em que exerceu a Presidência da Câmara, dentre outras realizações, instalou e inaugurou a TV Câmara Natal, o primeiro canal legislativo do Nordeste. Firmou convênio com o Senado Federal, transformando a TV Câmara na primeira emissora legislativa do Brasil afiliada da TV Senado.

Boletim Renato Dantas (01.04.2021)

O quadro de saúde de Tirso Renato Dantas teve uma piora nas últimas 24h. De acordo com o boletim desta quinta-feira (1) comentado pelo médico intensivista Dr. Domingos Sávio não há resposta do organismo de Renato em relação a troca gasosa do pulmão de Renato. O oxigênio – que tem média de troca de 85 a 95 – está em bom patamar; a questão continua sendo o gás carbônico que não é expelido (hoje o dado aponta a retenção chegando a 102, quando deveria ser 45) e quando se mistura com o sangue vira, ácido carbônico, impedindo o funcionamento as células de maneira adequada. As mais recentes gasometrias ficaram acima dos 100, enquadrando o quadro de saúde de Renato como “no limite”.

O processo inflamatório do pulmão ainda pode ser revertido, com reação do corpo de Renato.

A medicina pode ter as suas limitações, mas eu continuo crendo em um Deus que tudo pode fazer!

”…Mas do Senhor vem a última palavra.” Provérbios 16:1

*Peço a todos que intensifiquem as orações *
🙏🏻✨

O boletim médico foi repassado pelo Dr. Domingos Sávio, precisamente às 16:10 do dia 01.04.2021 e repassada em primeira mão aos demais familiares de Renato, através da sua esposa Dayana Campos.

Boletim Renato Dantas (31.03.2021)

Vinte dias de internação de Tirso Renato Dantas no hospital Policlínica. Vinte dias de tratamento de COVID-19 e as consequências no corpo dele. Nesta quarta-feira (31), o médico intensivista Dr. Domingos Sávio relatou que um novo protocolo foi adotado para o tratamento com a suspensão de remédios durante dois dias. A esperança e a fé devem continuar em nossos corações

O médico disse que o boletim de hoje apresenta dados considerados negativos em relação a troca gasosa na respiração de Renato. Segundo ele, a troca entre gás carbônico e oxigênio durante a respiração não está sendo feito de maneira completa e quando o CO2 não consegue ser colocado “fora do corpo” as enzimas param de funcionar e atrapalha o mapa metabólico, causando acidose no organismo.

De acordo com o médico, a preocupação com Renato é que o pulmão dele precisa reposicionar os alvéolos “sadios”, mas infelizmente o corpo de Renato não pode “pronar” (posição que facilita a troca gasosa). Hoje o problema que incide sobre de Renato é a retenção de gás carbônico que está em 113 (onde o índice normal é de 45) o que torna o sangue que circula no corpo muito ácido, com alteração do funcionamento das enzimas e do mapa metabólico do corpo, considerado “o maior dano” ao corpo de Renato.

De acordo com o médico, todas as outras alterações são pequenas e toleráveis. O nível de oxigênio de Renato está adequado – mas continua oscilando na saturação entre 82 até 90 – mesmo estando com a máxima potência do respirador, ou seja, utilizando a porcentagem de 100% na máquina. Esse é o resultado da gasometria.

A temperatura de Renato oscila entre 37.3, 37.5 e a COVID-19 constituindo o quadro infeccioso, atuando na proliferação de bactérias com efeitos no sistema imunológico.

Outro dado apontado pela equipe médica nas últimas 24h é o índice da leucometria – que estava entre 16 e 17 mil – foi reduzido e logo depois, alterado novamente, constituindo o processo inflamatório típico do quadro da doença COVID-19. O médico explicou que para tratar Renato foram usados nestes 20 dias medicamentos fortes como antibióticos (de larga escala) para deter o processo inflamatório, mas que em razão da fragilidade atual do organismo de Renato em razão da intubação e da internação de 29 dias, não responde mais de forma satisfatória.

Após reunião da equipe intensivista, o médico anunciou que farão um novo protocolo usado para pacientes internados na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) que é a suspensão de medicamentos por 48 horas para acompanhar as reações no corpo de Renato. Dois medicamentos foram suspensos hoje e os demais remédios serão ao longo dos próximos dois dias.

O médico também comentou que restam poucas alternativas para tratar a infecção de COVID-19 e algumas, já foram usadas e infelizmente, sem respostas positivas. A traqueostomia que estava prevista no início da semana também foi suspensa em razão da gravidade na saúde de Renato, não sendo possível neste momento, suspender a respiração no momento da retirada do tubo e procedimento da traqueostomia, que dura minutos.

Outros procedimentos como a Ecmo e uso de remédios – que surgiram recentemente na literatura médica para uso em pacientes com Covid-19 – também foram descartados em função da fragilidade do corpo.

A ventilação mecânica está no limite e os procedimentos e protocolos executados pela equipe de saúde também estão afunilados.

De todos os dias, hoje Renato apresentou o quadro de saúde mais difícil.

Porque tu, ó SENHOR, és o meu refúgio! O Altíssimo é a tua habitação. Nenhum mal te sucederá, nem praga alguma chegará à tua tenda. Salmos 91:9,10

*Peço a todos que intensifiquem as orações *
🙏🏻✨

O boletim médico foi repassado pelo Dr. Domingos Sávio, precisamente às 18:40 do dia 31.03.2021 e repassada em primeira mão aos demais familiares de Renato, através da sua esposa Dayana Campos.

Joelma diz que ainda tem sequelas da covid-19 e faz alerta: ‘É muito sério’

A cantora Joelma teve covid-19 em julho de 2020

Joelma compartilhou um alerta sobre a gravidade da covid-19, nesta segunda-feira, 29. A cantora teve a doença em julho do ano passado e, nas redes sociais, afirmou que ainda tem sequelas.

Em uma série de stories no seu perfil do Instagram, Joelma revelou que teve uma “recaída” no final de janeiro, mas não sabe se pode ter contraído o vírus novamente e pediu para os seguidores se cuidarem.

“Gente, deixa eu falar um negócio muito importante para vocês. Eu peguei covid em julho e, até agora, eu estou cuidando das sequelas. No final de janeiro tive uma recaída”, iniciou ela.

“Não sei se tive uma recaída ou se peguei de novo, mas fiquei muito mal, viu? Eu estou cuidando até agora das sequelas”, explicou. A artista ainda falou sobre conhecidos que se recuperaram rapidamente e outros que estão até hoje se tratando.

“Conheço gente que não ficou com sequela nenhuma, mas conheço muitas pessoas que estão com mais meses do que eu, tipo 10 meses, e ainda estão cuidando de sequelas”, afirmou.

Por fim, ela alertou: “O negócio é sério, gente. O negócio é muito sério. Bora se cuidar, cuidar da alimentação, aumentar essa imunidade aí. Beijo e se cuidem, tá! Fiquem em casa! Se precisarem sair, use máscara! Se cuidem direitinho”.

*Estagiária sob supervisão de Charlise Morais

Boletim Renato Dantas (30.03.2021)

A vida e a saúde de Renato Dantas foram classificadas como “delicadas” nesta terça-feira (30) pela equipe médica do hospital Policlínica, onde Renato está internado desde o dia 11 de março. Através de videochamada feita pelos médicos e familiares, o quadro clínico de Renato foi comentado também pelo médico Dr. Carlos Alberto (Cabeto), cirurgião torácico, amigo e médico da família e participação da assistente social do Hospital, Suelen; da psicóloga da UTI, Heloísa e do médico intensivista e responsável pelos cuidados de Renato, Dr. Domingos Sávio.

O relatório de saúde de hoje destacou que Tirso Renato Dantas continua com o pulmão inflamado em razão da COVID-19 com dificuldade de ventilar e saturação de 89 a 92 (com retenção de gás carbônico) e não pode “pronar” em razão da fratura de quatro costelas (durante a parada cardiorrespiratória, que agravou a doença e o levou a UTI).

Os médicos também debateram questões da saúde como a glicemia com índices considerados normais; a pressão arterial também; boa frequência cardíaca e dados que apontam a estabilidade e respostas evolutivas do organismo de Renato.

Sobre a traqueostomia, a equipe médica representada por Dr. Domingos Sávio explicou a necessidade da troca do acesso da via aérea – hoje feita através do tubo – em razão dos 14 dias de intubação, o que pode facilitar a retomada da autonomia respiratória de Renato.

Mas a vereda dos justos é como a luz da aurora, que vai brilhando mais e mais até ser dia perfeito. Provérbios 4:18🙏🏻✨
Sigamos em firmemente em oração

O boletim médico foi repassado pelo Dr. Domingos Sávio, precisamente às 16:00 do dia 30.03.2021 e repassada em primeira mão aos demais familiares de Renato, através da sua esposa Dayana Campos.

Boletim Renato Dantas (29.03.2021)

Duas semanas após a parada cardíaca em decorrência da Covid-19 e intubação no hospital da Policlínica, o quadro de Renato Dantas continua sendo grave e inspira cuidados. O boletim narrado pelo médico intensivista, Dr. Domingos Sávio nesta segunda-feira (29) destaca dificuldades no quadro respiratório e pequena melhora no quadro geral de ontem pra hoje. Renato ontem teve os dados da infecção aumentados e complicações na troca gasosa.

De acordo com o médico, Renato está retendo gás carbônico o que impede a respiração e como não pode ficar em posição “prona” em razão da fratura de quatro costelas, dificultando os parâmetros respiratórios.

Posto isso, o médico destacou alguns aspectos positivos na saúde de Renato como a redução nos leucócitos para 12 mil, quadro revertido depois da infecção ter aumentado e a quantidade ter ido a 16 mil ontem. A coagulação sanguínea está estável; o oxigênio 130 também está satisfatório – já que o parâmetro normal para Renato seria 95 – e a glicemia de Renato havia ampliado de ontem para hoje e foi feito a indução da insulina para equilibrar.

Ainda sobre a saúde de Renato, o intensivista disse que a equipe aposta na traqueostomia como alternativa de melhoria ainda esta semana.

*Os que confiam no SENHOR serão como o monte de Sião, que não se abala, mas permanece para sempre. Salmos 125.1 *🙏🏻✨

O boletim médico foi repassado pelo Dr. Domingos Sávio, precisamente às 17:30 do dia 29.03.2021 e repassada em primeira mão aos demais familiares de Renato, através da sua esposa Dayana Campos.

Governo do RN defende prioridade para professores e policiais na vacinação contra Covid

Fátima Bezerra (@fatimabezerra) | Twitter

Na primeira reunião dos governadores com o novo ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, nessa sexta-feira (26), Fátima Bezerra (PT) defendeu a inclusão dos educadores e dos agentes das forças de segurança nos grupos prioritários da primeira fase da vacinação contra a Covid-19. A governadora do Rio Grande do Norte afirmou que esse é um passo importante para a retomada das aulas presenciais da rede pública de ensino de todo o país e, “quanto à segurança, os agentes estão nas ruas exercendo um papel fundamental, conscientizando a população em relação ao cumprimento das medidas [restritivas] para conter o avanço do coronavírus.”  

Fátima também fez um apelo ao ministro para dar prioridade à questão do abastecimento de oxigênio nos municípios potiguares. “Fizemos um bom investimento em nossa rede de hospitais no ano passado e ela está com o abastecimento normal, mas o problema são os municípios, que precisam de cilindros para que suas unidades de saúde possam funcionar.” A governadora lembrou que as demandas referentes a oxigênio, medicamentos e leitos Covid foram encaminhadas ao então ministro Eduardo Pazuello. 


“De tudo que solicitamos, só chegaram 70 concentradores, que vieram do Amazonas. Solicitamos 450 cilindros e recebemos hoje a notícia de que está previsto para chegar, na madrugada, uma remessa de 160. Evidente que não é suficiente”, observou a governadora, renovando o apelo ao Ministério da Saúde no sentido de dar prioridade ao envio de mais concentradores e de cilindros e que o RN seja contemplado, no Plano Oxigênio Brasil, com novas usinas de oxigênio neste momento de agravamento da pandemia.  Os cilindros que chegaram neste sábado (27) serão enviados para os municípios em que os estoques estão em níveis críticos. Na última sexta-feira, o Brasil registrou 84.245 novos casos de Covid e bateu o recorde de mortes em 24 horas: 3.650 óbitos, segundo dados oficiais do Ministério da Saúde.


Assim como outros governadores, Fátima também cobrou do Ministério da Saúde a execução do Plano Nacional de Imunização: “Tenho certeza de que o senhor, ministro, vai abraçar essa luta porque o problema hoje é a falta de vacina, a baixa taxa de imunização”. Na tarde dessa sexta-feira (26), chegou ao RN um novo lote de vacinas. São 66.100 doses que serão repassadas aos municípios. 


Por fim, a governadora considerou proveitosa a reunião. “O ministro disse sobre sua disposição de trabalhar em parceria com os governadores e prefeitos na condução de enfrentamento à pandemia, através do diálogo permanente com o Conass (Conselho Nacional de Secretários de Saúde) e Conasems (Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde), adiantou a percepção que ele tem da gravidade do cenário da pandemia, assim como do reconhecimento das necessidades das medidas protetivas”, declarou.

Auxílio emergencial

Os governadores se reuniram com o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, a quem apresentaram uma série de reivindicações, entre elas, auxílio emergencial e ajuda de custeio para abertura de novos leitos destinados a pacientes Covid. Fátima Bezerra defendeu a reedição do auxílio emergencial de R$ 600 para famílias em situação de vulnerabilidade, assim como auxílio para microempresas e ampliação do financiamento para a Saúde.

´Malcolm e Marie`: Filme debate relacionamento amoroso com crueza e objetividade

Muita, mas muita gente querida, me indicou esse filme. Certamente por saber, de tanto eu escrever sobre e comentar nas lives que faço com Theo Alves, de minha predileção quase obsessiva por filmes de “casal discutindo”, que na verdade, é quase um subgênero dentro do tópico ´Drama`. Isso é a pura verdade, por mais dolorosos que esse filmes que debatem relacionamentos amorosos a exaustão possam ser (e por mais gatilhos que possam disparar) e tenho sim, uma relação próxima com eles, paixão que vem do deslumbramento de quando assisti “Eu sei que vou te amar”, no cinema aos 17 anos, ou das dezenas de filmes do mestre Bergman com casais que se amam e se odeiam em igual proporção, sem falar das adaptações de Tennessee Williams e dos filmes de Antonioni.  

Esse “Malcolm & Marie” é essencialmente isso: Um casal ´lavando a roupa suja` ininterruptamente durante 1h50 de filme. Os únicos atores em cena são o casal vivido por Zendaya e John David Washington, ambos ótimos e cheios de nuances. A história, digamos, começa quando o casal chega em casa da pré-estreia do novo filme dele, jovem cineasta em ascensão, mas logo depois no processo de preparar um macarrão para ambos, ela questiona o porque dele não ter agradecido a ela em seu discurso, e a partir daí começa um rosário de acusações mútuas, rancores, revelações, farpas, desabafos, ofensas, enfim, vamos descobrindo todas as camadas por trás do casal. 

O roteiro é muito bem escrito e cheio de ótimos e fortes monólogos, mas, teria grandes chances de cair no tédio não fosse a direção muito segura de Levinson, que não deixa também o ritmo cair, da excepcional fotografia em preto e branco e saturações criativas, da cenografia (a arquitetura da casa isolada parece um personagem e expande as variações de humor e explosões dos personagens) e principalmente das interpretações do casal, como já disse, particularmente Zendaya, que de teen star, acaba entregando uma interpretação impactante, madura e bem visceral. John David é filho do lendário Denzel Washington e já havia mostrado talento em “Infiltrado na Klan”.  

O filme ainda consegue pautar boas discussões sobre racismo e percepção que os brancos têm sobre os negros, machismo e sexismo (principalmente nas ofensas que Malcolm dirige a Marie). Não imagine que vá encontrar filme parecido com “História de um casamento”, o `filme de casal discutindo` do ano passado, que tem outra pegada, de narrativa e forma mais convencional. Aqui a pegada é mais experimental, mais para filme europeu mesmo (e rigorosamente na vibe do citado “Eu sei que vou te amar”, de Arnaldo Jabor, que trata de um casal trancado num apartamento batendo boca durante uma hora e meia). 

Recomendo muito, enquanto cinema de qualidade e bom roteiro e pelas discussões sérias e adultas que proporciona, mas fique alerta: Não assista com o/a ´conje` se estiver em crise na relação e o filme tem muito potencial de disparar gatilhos, afinal, todo mundo acima de 25 e que já viveu um relacionamento sério vai se identificar de uma ou outra maneira em cenas do filme. No pior sentido. É para isso que o cinema adulto serve, para tirar da zona de conforto e incomodar. Esse ´´Malcolm & Marie` pela crueza dos diálogos, incomoda. Mas deve ser visto.

Fonte: Potiguar Noticias

Boletim Renato Dantas (28.03.2021)

O quadro clínico de Renato Dantas neste domingo (28) foi classificado como estável pelo médico intensivista Dr. Pedro Victor Nogueira. Os parâmetros dos exames mantém-se estáveis com uso de 100% do ventilador, sedado e intubado.

Renato se manteve com dados clínicos lineares e não teve com piora respiratória, nem apresentou febre, o que indica normalidade com a gasometria. A relação da PO2 hoje está em 172 e o anterior, 189.

O médico falou detalhes sobre a traqueostomia e a expectativa de ser feita ainda essa semana, quando Renato terá 15 dias de intubação. Segundo o médico, a traqueostomia promove uma melhora do quadro clínico, com diminuição da sedação; aspiração da secreção; a fisioterapia consegue expandir mais o pulmão e em geral, os dados clínicos mostram que o procedimento acelera a recuperação.

A oração feita com fé traz a cura.
Tiago 5:15 🙏🏻✨
Sigamos firmemente em oração!

O boletim médico foi repassado pelo Dr. Pedro Victor Nogueira, precisamente às 12:00 do dia 28.03.2021 e repassada em primeira mão aos demais familiares de Renato, através da sua esposa Dayana Campos.

Como nos filmes, cachorro espera dono no Hospital de Campanha de Natal

Parece até história de filme. Uma cadelinha – de raça desconhecida – faz plantão na porta do Hospital de Campanha de Natal desde a última quinta-feira (25). O motivo é que seu dono está internado em tratamento de COVID-19.

Segundo observadores, no momento da internação do dono, a cadelinha seguia a ambulância que vinha da Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) onde o dono anteriormente esteve internado.

Vendo a insistência da cadelinha em continuar a espera do dono, funcionários do hospital acolheram com alimentação e uma caminha improvisada.

Nas grandes telas de cinema, essa história já foi contada inúmeras vezes. Como fiel companheira, a cachorrinha espera seu dono para virem juntos para casa. O amor mora nos detalhes.

Boletim Renato Dantas (27.03.2021)

Médicos da Policlínica tentam reduzir a dependência de Renato ao respirador

A avaliação da saúde do paciente Renato Dantas neste sábado (27) foi classificada como melhor – apesar do quadro grave e estável – segundo o médico plantonista Dr. Pedro Vitor Nogueira. Nas últimas 24h, Renato manteve a estabilidade no quadro clínico geral, mas continua intubado, respirando por aparelhos. Após a estabilização da infecção, os médicos tentam agora reduzir a dependência de Renato ao aparelho. Segundo eles, os parâmetros da ventilação do CO2 (gás carbônico) ainda estão em níveis máximos, 100%.

O enquadramento “melhor” na saúde se devem a múltiplos fatores. A gasometria com resultado satisfatório com saturação de 100%, a PO2 com 189 (ontem era 88); a relação de oxigenação que “melhorou um pouco”, de acordo com o médico; a ausência de medicamentos para pressão (que está controlada) e a temperatura, estável, sem aumento que identifique febre. Os leucócitos estão com índice de 10 mil (a referência é até 11 mil), ou seja, o processo de infecção está sob controle.

O médico frisou que os padrões de pacientes na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) são oscilatórios e que a busca agora é pela “melhora objetiva”, ou seja, sair do respirador.

Hoje pela manhã, novamente, na videochamada (disponibilizada pela equipe de saúde da Policlínica para os familiares de pacientes internados com COVID-19), Renato apresentou movimentação na boca, que segundo os médicos, pode ter sido uma tentativa de comunicação, assim como a lágrima na quarta-feira (24).

O plantonista voltou a falar sobre o procedimento da traqueostomia, que deve ser feito na próxima semana, em razão dos 15 dias de internação. Otimista, o médico disse que Renato apresenta uma melhora progressiva.

O Senhor o susterá em seu leito de enfermidade, e da doença o restaurará. Salmos 41:3 🙏🏻✨

O boletim médico foi repassado pelo Dr. Pedro Victor Nogueira, precisamente às 14:40 do dia 27.03.2021 e repassada em primeira mão aos demais familiares de Renato, através da sua esposa Dayana Campos.

Ana Maria Braga toma a primeira dose da vacina contra a Covid-19

Ana Maria Braga

Ana Maria Braga foi até o posto de vacinação mais próximo da sua mansão, na Zona Sul de São Paulo, para tomar a primeira dose da vacina contra a Covid-19. A apresentadora foi mais um nome da TV que apareceu para a imunização.

“Fui e tomei a vacina. Lindo! Estou muito feliz”, celebrou a loira de 71 anos, que pediu vacinação para todos. “Quero e sofro para que todas as pessoas ou todos os brasileiros tenham este direito”, completou.

Há dias, Ana Maria Braga desabafou sobre a situação da pandemia no país e, em especial, para o futebol, que só foi paralisado após decisão de autoridades estaduais. Pela CBF, a bola continuaria rolando. “Colapso, essa é a palavra do dia. Você já pensou nisso? O que significam quase três mil vidas [perdidas] em 24 horas?”, questionou.

“A gente está quase chegando na triste marca, e a gente espera que não chegue com as medidas restritivas, de 3 mil mortes por dia”, comentou. “A tendência na média móvel é de alta e eu só penso nas famílias”.

“Essa é uma opinião só minha. Eu, particularmente, acho uma inconsequência colocar esses jogadores para viajar de um lado para o outro diante de tudo o que está acontecendo, com 10 estados brasileiros no estado que estão [em alta nas médias]. O Brasil todo, não é?”, disparou Ana Maria.

Fonte: RD1

Sem lockdown, teremos 5 mil mortes diárias, diz pesquisador

Coordenador do Observatório Covid-19 da Fiocruz, o professor Carlos Machado é um especialista em grandes desastres na área da saúde. Há mais de 20 anos acompanha de perto as maiores emergências sanitárias do Brasil. Machado assegura nunca ter vivenciado nada semelhante ao atual colapso do sistema de saúde em praticamente todo o País, pelo avanço do novo coronavírus.

No mesmo dia em que o Brasil atingiu a marca das 300 mil mortes, o especialista fez uma advertência dramática às autoridades do País. Se um lockdown (fechamento total com paralisação de quase todas as atividades) de pelo menos 14 dias não for adotado imediatamente e de forma coordenada por todas as esferas, chegaremos facilmente à dolorosa cifra de 5 mil mortes/dia até o fim de abril.

O novo ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, em sua primeira entrevista coletiva no cargo, porém, descartou as restrições de mobilidade. Já o presidente Jair Bolsonaro insistiu no “tratamento precoce” da doença – algo que, até agora, não tem sua eficiência comprovada cientificamente.

“O momento é de medidas restritivas coordenadas, nos níveis estadual e federal. O sistema já chegou ao limite. Não há mais tempo para debates. Não há mais tempo para ideias dissociadas da realidade. Não temos nem mais um minuto a perder. A situação é dramática em todo o País, são milhares de famílias devastadas”, afirmou em entrevista ao Estadão.

O pesquisador descreveu a escalada de mortes por covid-19 e se alarmou com o que pode estar por vir.

“Achamos que era impensável chegar a dois mil óbitos por dia, achamos que era impensável chegar a três mil óbitos”, lembrou. “Se nada for feito, nada nos impedirá de chegar a quatro ou cinco mil óbitos por dia. Ainda mais com as novas variantes que aceleram o processo de transmissão e infecção.”

Machado lembrou que, embora a maioria da população se concentre nos grandes centros urbanos, há 49 milhões de brasileiros que vivem em regiões sem serviços de saúde de referência. Ou seja, não têm nenhuma condição de atender aos casos mais graves de covid-19.

“A realidade atual é diferente de tudo o que já vivemos antes”, alertou. “A situação de colapso é generalizada, Não temos para onde correr, não podemos contar com a ajuda de ninguém.”

Fonte: Terra

Boletim Renato Dantas (26.03.2021)

A condição de saúde de Renato Dantas estabilizou. Esse foi o quadro clínico explicado nesta sexta-feira (26) pelo médico intensivista da Policlínica Dr. Domingos Sávio que reafirmou que Renato continua sendo um paciente considerado grave e crítico e que as orações para ele devem continuar até que a doença seja eliminada do corpo dele.

Hoje, Renato apresentou novamente dificuldade para respirar, com pulmões rígidos e difíceis de ventilar. A equipe de saúde da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) tentou colocá-lo na posição “pronar” para que os pulmões tivessem um estímulo diferente e quem sabe, uma melhoria nos alvéolos, aumentando a chance de troca gasosa, tanto pro oxigênio quanto pro gás carbônico. De acordo com o médico, não foi possível porque na ocasião da parada cardíaca – em 14 de março – e a manobra de reanimação, Renato teve fratura em quatro costelas, que o impede de ficar na posição de bruços pelo alto risco para o paciente (no caso das costelas perfurarem os pulmões).

A saturação de oxigênio se manteve, mas a quantidade de gás carbônico começou a reter no sangue. Como não há possibilidade da posição “prona”, a equipe decidiu aumentar para próximo ao máximo a pressão do aparelho respiratório o que também representa um risco de lesão pulmonar porque os alvéolos dos pulmões podem ser danificados. Mesmo assim, o médico disse que Renato está sendo muito bem assistido.

Os dados da saúde como a pressão sanguínea; a condição renal de urina (1.4) e eletrólitos do sangue também estão estáveis. A coagulação do sangue – que representa risco de trombose – está mantida nos índices normais, assim como a quantidade de glicose. A proteína reativa era de 436 foi pra 175, depois 88 e hoje está em 51.3 (quanto menor o número, menor também a inflamação).

A infecção, acompanhada pelos índices da leucometria, está também estabilizada nos 13 mil (o parâmetro normal é de 11 mil), mas está o mais próximo ao normal de todo o período da internação de Renato.

A avaliação geral do médico é que Renato piorou nas últimas 24h e hoje está nos parâmetros mais altos da ventilação mecânica, ou seja, com o aparelho no limite. Mesmo assim, as respostas de saturação de 100%, resultado esperado pela equipe médica colocam Renato na condição de recuperação de respiração e consequentemente, da saúde.

Aproveito o espaço do boletim para pedir que intensifiquem as orações por Renato Dantas. Sabemos que a última palavra é do médico dos médicos, Deus
🙏🏻✨

O boletim médico foi repassado pelo Dr. Domingos Sávio, precisamente às 14:30 do dia 26.03.2021 e repassada em primeira mão aos demais familiares de Renato, através da sua esposa Dayana Campos.

Boletim Renato Dantas (25.03.2021)

Os parâmetros respiratórios de Tirso Renato Dantas nesta quinta-feira (25) mudaram o quadro clínico do paciente, de acordo com o médico intensivista da Policlínica, Dr. Domingos Sávio.

Renato voltou a ter a necessidade de 100% de oxigenação através do respirador. Intubado há 11 dias, Renato teve queda de saturação que resultou na volta da totalidade da função do aparelho. No boletim anterior, a equipe médica confirmou que o parâmetro respiratório estava em 97, 98 e por isso, decidiram diminuir os remédios e Renato tinha autonomia respiratória de 20%. Infelizmente, hoje, voltou a depender de todo oxigênio do tubo.

Durante todo o dia de hoje, Renato foi observado minuciosamente em relação a troca gasosa e por segurança do quadro clínico, os médicos decidiram manter o oxigênio em 100%.

Os exames mostraram que Renato ainda apresenta sinais de infecção, com média de 13 mil leucócitos (o parâmetro considerado normal é de 11 mil). Outro dado que aponta a fragilidade é a questão renal, onde o nefrologista mantém a conduta conservadora e Renato tem 1.58 (em relação ao padrão normal que é de 1.3).

Os demais exames como a gasometria arterial (exame de sangue) e a troca de gás carbônico também estão alterados, sendo necessários novos ajustes nos aparelhos da ventilação mecânica de Renato para garantir a respiração adequada. Mesmo assim, o médico Domingos Sávio destacou que esses dados fazem parte do quadro clínico da Covid-19, que ainda insiste em inflamar as células de Renato. Segundo ele, a ação do vírus (nos 15 dias) e os efeitos e consequências no corpo (que podem continuar sendo multiplicadas até 3 meses).

As demais expectativas de melhora – como evolução na alimentação, diminuição no sedativo e estímulo à novas reações – foram suspensas em razão da involução nos parâmetros respiratórios. Renato continua internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) da Policlínica, sem previsão de alta.

Porque para Deus nada é impossível. Lucas 1:37 🙏🏻✨

O boletim médico foi repassado pelo Dr. Domingos Sávio, precisamente às 16:30 do dia 25.03.2021 e repassada em primeira mão aos demais familiares de Renato, através da sua esposa Dayana Campos.

Boletim Renato Dantas (24.03.2021)

Pequenas alterações no sentido de melhora são observadas em Renato Dantas nesta quarta

A equipe médica do hospital Policlínica, através do médico plantonista e intensivista Dr. Domingos Sávio comunicou no boletim desta quarta-feira (24) que hoje o dia foi marcado por pequenas alterações positivas no sentido de melhora de Renato Dantas. Antes do boletim, a equipe médica fez uma reunião com os médicos, enfermeiros, fisioterapeutas para o planejamento da internação dos pacientes, sendo observados pontos positivos em Renato Dantas, mesmo estando ele ainda em estado grave e considerado crítico na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

De acordo com o médico, a alteração da questão renal foi normalizada com conduta conservadora e foi iniciada a diminuição da sedação e dos parâmetros do aparelho que conduz a respiração artificial. Isso justifica algumas reações – como uma lágrima – que apareceu no rosto de Renato na videochamada feita pela família na manhã de hoje. Segundo o médico, são reações as mudanças e faz parte do avanço do tratamento.

Os sinais vitais de Renato como temperatura, pressão, saturação e oxigenação também estão mantidas de maneira satisfatória nos últimos três dias. Houve também melhoria na hidratação e em relação à alimentação, Renato diminuiu o volume da sonda enteral, devendo iniciar a dieta amanhã.

Os marcadores inflamatórios começaram a diminuir; o antibiótico foi mantido e o nível insulina e potássio foram normalizados, dados que mostram a melhora e que Renato está reagindo bem melhor ao tratamento na UTI do hospital.

…a oração feita por um justo pode muito em seus efeitos. Tiago 5:16 🙏🏻✨
Sigamos firmes em oração

O boletim médico foi repassado pelo Dr. Domingos Sávio, precisamente às 16:00 do dia 24.03.2021 e repassada em primeira mão aos demais familiares de Renato, através da sua esposa Dayana Campos.

ALRN autoriza prorrogação de contratos dos professores da rede estadual

Os deputados da Assembleia Legislativa do RN autorizaram, na manhã desta quarta-feira (24), a prorrogação dos contratos temporários dos professores da educação profissional de ensino na rede estadual. A autorização tem o estado de calamidade pública decorrente da pandemia de Covid-19 como pano de fundo e acontece de forma excepcional. O Projeto de Lei de autoria do Governo do Estado recebeu emenda consensual apresentada pelo deputado Tomba Farias (PSDB) e acordada na reunião de lideranças, fixando o limite de aplicabilidade aos contratos com vencimento nos meses de março, abril, maio e junho deste ano.

“Ou seja, os contratos que estão vencendo, esta Casa autoriza que sejam renovados. Os vencidos a partir de julho, agosto e setembro, acordamos que seja feito processo seletivo”, explicou Tomba Farias.

Cristiane Dantas defende celeridade na imunização contra a Covid-19 no RN

A deputada estadual Cristiane Dantas (SDD) cobrou do Governo do Estado mais celeridade na imunização contra a Covid-19 no Rio Grande do Norte. A cobrança foi feita durante a sessão remota desta quarta-feira (24) da Assembleia Legislativa.

“É preciso buscar parcerias para que a vacinação chegue mais rápido e que essa pandemia seja controlada urgentemente”, disse.

Cristiane sugeriu que o Governo do Estado firme parcerias que possibilitem agilidade no processo de imunização e citou exemplos de sucesso realizado em outros Estados. “Poderiam ser firmadas parcerias com as forças armadas, com rede de farmácias para disponibilizar seus ambulatórios e atender a população, como aconteceu em São Paulo”, citou.

Uma vida com mais cores

Uma vida com mais cores

O daltonismo é um distúrbio ocular hereditário, genético, que impede o olho humano de diferenciar colorações vermelho-verde e que não tem cura. Quem é daltônico vê as imagens com uma tonalidade acinzentada. No momento, a ciência pesquisa algumas alternativas para melhorar a qualidade de vida dessas pessoas como óculos com objetiva de vidro colorido e lentes de contato impregnadas de corantes orgânicos capazes de contrabalancear a anomalia. No entanto, a mais promissora tentativa de reverter o daltonismo é um estudo da Sociedade Americana de Química: lentes de contato equipadas com nanopartículas de ouro que se mostraram eficazes para melhorar a percepção de cores. Essas lentes foram constituídas a partir da junção de ínfimas partes do metal incorporadas ao material hidrogel das lentes. E por que se mostraram mais eficientes? Lentes com nanocompósitos de ouro demonstraram maior capacidade de retenção de água e isso melhorara a filtragem das cores.

Essa forma da deficiência, o daltonismo vermelho-verde, acomete 95% dos portadores do doença, na maioria das vezes, homens, 98% dos casos. De acordo com a OMS, o daltonismo atinge 350 milhões de pessoas no mundo, sendo oito milhões no Brasil. “Ao se confirmar, a nova lente vai representar uma mudança de paradigmas para essas pessoas”, afirma Leon Grupenmacher, oftalmologista e professor da Escola de Medicina da PUC do Paraná. O especialista diz isso porque pessoas daltônicas adultas podem ser impedidas de exercer algumas profissões devido à anomalia. A utilização das lentes com nanopartículas de ouro ainda não está disponível no mercado, pois há etapas desafiadoras para ultrapassar. “Daltônicos podem ter alguma deficiência de grau a ser corrigida”, diz o professor. Dessa forma, figuras públicas como a jornalista Ana Furtado, o ex-presidente dos EUA, Bill Clinton e o dono do Facebook, Mark Zuckerberg, vão ter que continuar usando dispositivos paliativos para equilibrar os tons.

Fonte: Istoé

Paulo Gustavo apresenta melhora no estado de saúde após ser entubado

Internado com covid-19, Paulo Gustavo é intubado - Emais - Estadão

Paulo Gustavo, 42, teve uma melhora no seu quadro de covid-19, nesta quarta-feira, 24. O ator precisou ser sedado e entubado na noite deste domingo, 21, devido a complicações da doença.

Segundo informações da assessoria de imprensa, o humorista vem apresentando melhora nas últimas 72 horas. “Os quadros clínico, laboratorial e radiológico do paciente demonstram boa resposta ao tratamento instituído pela equipe profissional, sobretudo nas últimas 72 horas. Continuamos confiantes em sua plena recuperação.”

“A família do ator agradece aos fãs pelo carinho e pede que continuem a enviar boas energias e orações para sua plena recuperação, assim como de todos os que se encontram na mesma situação”, informou o comunicado.

Paulo Gustavo foi internado há dez dias. Nas redes sociais, o marido Thales Bretas enviou uma mensagem de conscientização para os seguidores na segunda-feira, 22.

“Estou calmo, confiante e tenho certeza que será um passo importante para a melhora completa do nosso guerreiro! Ele que é jovem, saudável, sem comorbidades e super cuidadoso, está passando por isso. Peço, por favor, que tomem muito cuidado, redobrem as medidas de segurança, porque essa infecção é uma loteria e mais pessoas não merecem sofrer.”

Fonte: Istoé