Boletim Renato Dantas (26.03.2021)

A condição de saúde de Renato Dantas estabilizou. Esse foi o quadro clínico explicado nesta sexta-feira (26) pelo médico intensivista da Policlínica Dr. Domingos Sávio que reafirmou que Renato continua sendo um paciente considerado grave e crítico e que as orações para ele devem continuar até que a doença seja eliminada do corpo dele.

Hoje, Renato apresentou novamente dificuldade para respirar, com pulmões rígidos e difíceis de ventilar. A equipe de saúde da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) tentou colocá-lo na posição “pronar” para que os pulmões tivessem um estímulo diferente e quem sabe, uma melhoria nos alvéolos, aumentando a chance de troca gasosa, tanto pro oxigênio quanto pro gás carbônico. De acordo com o médico, não foi possível porque na ocasião da parada cardíaca – em 14 de março – e a manobra de reanimação, Renato teve fratura em quatro costelas, que o impede de ficar na posição de bruços pelo alto risco para o paciente (no caso das costelas perfurarem os pulmões).

A saturação de oxigênio se manteve, mas a quantidade de gás carbônico começou a reter no sangue. Como não há possibilidade da posição “prona”, a equipe decidiu aumentar para próximo ao máximo a pressão do aparelho respiratório o que também representa um risco de lesão pulmonar porque os alvéolos dos pulmões podem ser danificados. Mesmo assim, o médico disse que Renato está sendo muito bem assistido.

Os dados da saúde como a pressão sanguínea; a condição renal de urina (1.4) e eletrólitos do sangue também estão estáveis. A coagulação do sangue – que representa risco de trombose – está mantida nos índices normais, assim como a quantidade de glicose. A proteína reativa era de 436 foi pra 175, depois 88 e hoje está em 51.3 (quanto menor o número, menor também a inflamação).

A infecção, acompanhada pelos índices da leucometria, está também estabilizada nos 13 mil (o parâmetro normal é de 11 mil), mas está o mais próximo ao normal de todo o período da internação de Renato.

A avaliação geral do médico é que Renato piorou nas últimas 24h e hoje está nos parâmetros mais altos da ventilação mecânica, ou seja, com o aparelho no limite. Mesmo assim, as respostas de saturação de 100%, resultado esperado pela equipe médica colocam Renato na condição de recuperação de respiração e consequentemente, da saúde.

Aproveito o espaço do boletim para pedir que intensifiquem as orações por Renato Dantas. Sabemos que a última palavra é do médico dos médicos, Deus
🙏🏻✨

O boletim médico foi repassado pelo Dr. Domingos Sávio, precisamente às 14:30 do dia 26.03.2021 e repassada em primeira mão aos demais familiares de Renato, através da sua esposa Dayana Campos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *