Um Estado muito bem representado, por uma mulher forte, de uma história de dedicação e objetivos

Quem não conhece a história da professora que já foi líder sindical, deputada federal, e hoje, Governadora do Estado do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra? Quase todos conhecem! Mas antes, existe a história de uma mulher nascida em uma casa de nove irmãos, no município de Nova Palmeira, interior da Paraíba, que ajudava aos pais a cuidar dos irmãos e abriu mão do aconchego da família, vindo morar na capital do Rio Grande do Norte em busca de um único objetivo: estudar.

Recentemente em Mossoró ela recebeu o título Doutora Honoris Causa da UERN

Como em Nova Palmeira só tinha o primário, Fátima seguiu para Picuí, onde ainda estudou e morou durante um ano. Quando soube que uma tia paterna morava em Natal (RN), arrumou as malas e chegou na capital do Rio Grande do Norte na segunda metade dos anos 1970 para terminar os estudos. A irmã de Severo morava na rua Galdino Lima, bairro das Quintas, Zona Oeste, e foi o primeiro endereço da menina de Nova Palmeira em Natal.

Os estudos levaram Fátima a se tornar pedagoga formada pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). No primeiro concurso para a rede municipal, Fátima foi aprovada em 1º lugar e ainda passou no concurso da rede estadual.

Fátima passou em 1º lugar no concurso para a rede municipal de ensino

Hoje motorista e líder comunitário, Fernando Luiz da Costa foi um dos alunos de Fátima na Escola Estadual Presidente Café Filho, em 1980. Costa lembra de ter aprendido nas aulas de Ciências Sociais mais que conteúdo didático.

“Ela sempre ensinou a gente a fazer o bem e ajudar o próximo. Aprendi muita coisa com ela”, conta, lembrando que às vezes acompanhava em grupos a professora até a parada de ônibus. as mães dos alunos gostavam muito dela. Estou muito feliz em ver uma professora que me ensinou ser agora governadora, vinda das bases”, completa Fernando, confiante pois o governo tem sido regido por esse sentimento comunitário, com ênfase na Educação.

Fátima Bezerra consolida esse percurso como a única mulher eleita em 2018 para administrar um estado no país pelos próximos quatro anos. E com um adendo, como costuma enfatizar desde a campanha eleitoral: é a primeira governadora de origem popular no Rio Grande do Norte, estado que já contou com outras duas mulheres na chefia do Executivo (Wilma de Faria e Rosalba Ciarlini), mas ambas ligadas à famílias tradicionais e oligarquias locais que se revezavam no poder até as eleições deste ano. A professora é hoje, governadora!

Os IFRNs são uma marca dos mandatos de Fátima como deputada federal

Fátima não só teve alunos, mas tem toda uma história de garra e determinação, por trás de todas as conquistas que ela hoje tem o prazer de vivê-las.

E neste dia, Fátima Bezerra, 15 de Outubro, o Blog da Prima homenageia todas as mulheres fortes como você, educadoras, importantes na formação de nosso caráter, e postura. Todas as profissionais na área da educação, recebam um forte abraço e um muito obrigada, pois foram vocês que me deram forças e os melhores ensinamentos de vida, depois dos meus pais.

FELIZ DIA DO PROFESSOR!

prima

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar ao topo